fbpx

Ozonioterapia em animais

Ozonoterapia consiste no uso do oxigênio e do ozônio de forma terapêutica. Dentre seus efeitos podemos citar o anti-inflamatório, a imunomoduor, antimicrobiano e cicatrizante.

O oxigênio que respiramos é uma molécula com dois átomos de oxigênio (O2), já o ozônio é uma molécula com 3 átomos de oxigênio (O3). Para produzirmos ozônio, precisamos “quebrar” as moléculas de O2 para que se reagrupem como O3.

Como é realizado?

Existem várias vias de aplicação do ozônio.

As principais formas são a aplicação do gás de forma local (que pode ser realizada em pontos que acupuntura ou não) por via intramuscular, subcutânea ou intra-articular, a insuflação retal e a auto-hemoterapia maior ou menor (quando se ozoniza e em seguida reaplica o sangue do próprio paciente). Outras vias, como a aplicação intra-discal, peridural, bolsa de ozônio, insuflação vesico-uretral e de fístulas dependem do caso a ser tratado e costumam ser menos frequentes em comparação às formas principais.

Também pode-se ozonizar óleos a água para uso tópico, limpeza de tecido ou até mesmo uso oral.

Quais são os efeitos?

A ozonoterapia para animais é capaz de reduzir a agregação plaquetária, desfazer o empilhamento de hemácias, modula o estresse oxidativo, reduz a produção de tecido de granulação exuberante, melhora a circulação local e a perfusão tecidual, promove desinfecção e desbridamento de feridas e estimula a cicatrização e epitelização.
Além disso, possui efeito anti-inflamatório, antálgico, imunomodulador, bactericida, fungicida e virucida.

Quais as indicações?

Pode-se indicar a ozonoterapia no tratamento complementar ou isolado de diversas doenças. Podemos citar dentre outras indicações a doença do disco intervertebral, espondilose, osteoartrites, tendinopatias, artrites sépticas, disco espondilites, sepse, osteomielite, feridas contaminadas, infecção do trato urinário, fistulas e abscessos, piodermites, dermatopatias alérgicas, papilomas, artrite reumatoide, doença intestinal inflamatória crônica, diabetes, insuficiência renal crônica, doenças isquêmicas, tratamento de feridas e escaras de decúbito, queimaduras, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), ceratoconjutivite seca, glaucoma crônico, hepatopatias, doenças neurodegenerativas, adjuvante no traratemento do câncer e para amenizar os efeitos colaterais de quimioterapia.

Contraindicação?

Devemos ter cuidado com animais senis, debilitados ou com grande estresse oxidativo. Em casos como esses, a ozonioterapia deve ser evitada, ou então feita de forma bastante cuidadosa para não agravar o quadro clínico do animal.

Quem somos

Somos um casal há aproximadamente 10 anos, nos conhecemos na Faculdade (Universidade Estadual de Londrina), e desde então iniciamos nossos estudos, mestrados, pós-graduações e especializações nas áreas de Medicina Integrativa e Holística, nas instituições UNESP, Bioethicus, USP e UNIFESP.
Há 3 anos fundamos o Instituto Holosvet, voltado ao estudo da Medicina Veterinária Holística, atendimentos, eventos e cursos.

Dr. Gustavo de Calasans & Dra. Cacá Spera

“Somos movidos pelo Amor, aos Animais e as Terapias Holísticas”

Contatos

INSTITUTO HOLOSVET
Rua: Augusto Pereira de Moraes, nº 532. Penápolis, SP.
Cel: (18) 9 9796 4622. Tel: (18) 3652 6688
Email: contato@holosvet.com.br